Cirurgias

Calázio

O que é calázio?

O calázio ou chalázio é um pequeno quisto ou nódulo, tipicamente entre 2 e 8 mm, cheio de líquido, com um aspeto de "inchaço ou caroço na palpebra". Pode desenvolver-se na pálpebra inferior ou na pálpebra superior, embora seja mais frequente na superior. O calázio pode afetar apenas um olho ou os dois olhos e pode desenvolver-se na face exterior da pálpebra (calázio externo) ou, então, na face interna (calázio interno), podendo ainda crescer sobre a extremidade livre (calázio marginal).

O calázio no olho é uma doença frequente e muitas vezes desaparece espontaneamente (sem qualquer intervenção). Não é uma doença maligna e não é contagiosa. De um modo geral, o calázio nos olhos não é perigoso e não afeta a visão, pois o nódulo não é suficientemente grande para distorcer a superfície ocular e causar redução da acuidade visual. Contudo, em determinadas circunstâncias a visão pode ser afetada se a tumefação for considerável.

 

Qual o tratamento?

No calázio, o tratamento médico passa, habitualmente, pela administração de anti-inflamatórios em gotas (colírio) ou pomada. A operação ou cirurgia de calázio é geralmente um último recurso no tratamento da doença. A cirurgia ou exerese de calázio consiste numa pequena intervenção cirúrgica. Habitualmente, a operação é efetuada sob anestesia local que dura entre 5 a 10 minutos. A cirurgia de calázio não deixa cicatriz, pois é efetuada, normalmente, pela parte interna da pálpebra.

 

calázio