Cirurgia de Estrabismo

 

O que é estrabismo?

Estrabismo é a perda do paralelismo dos olhos, assim sendo, desvios para dentro, para fora, para cima ou para baixo são considerados estrabismo. Conhecido pelo nome popular de vesguice ou olho torto.

 

Qual a causa do estrabismo?

O estrabismo pode ser primário (sem causa conhecida) e divide-se em congênito (presente ao nascimento) ou pode surgir nos primeiros anos de vida (geralmente entre 2 e 4 anos de idade) ou ainda pode ser secundário, em decorrência de traumatismo crânio encefálico ou tumores e outras doenças neurológicas.

Quais as consequências do estrabismo?

Falando do estrabismo primário, ou seja, sem causa, temos que tratar com rapidez, pois pode se instalar uma perda visual chamada ambliopia que se não tratada, passa a ser irreversível. Nos casos do estrabismo secundário, o estrabismo pode ser o sinal que nos leva ao diagnóstico da doença e o tratamento dela pode significar a própria vida do paciente.
O que é ambliopia? 
Ambliopia é a diferença visual de mais de 2 linhas na tabela de medida da acuidade visual entre ambos os olhos. Essa diferença não apresenta nenhuma alteração anatômica (cicatriz na retina, opacidade do cristalino, etc.), ou seja, mesmo com a melhor correção óptica, não melhora a acuidade visual. As principais causas da ambliopia são estrabismo, anisometropia (diferença de grau entre os olhos), ptose (queda da pálpebra), catarata congênita (mesmo depois de operada), entre outras. Estima-se que cerca de 4% da população tenha ambliopia e cerca de metade delas são decorrentes do estrabismo.

Como é a cirurgia? 

A cirurgia é realizada geralmente com anestesia geral, não é a laser e consiste na mudança da posição dos músculos e ou encurtamento deles com o objetivo de alinhar os olhos, utilizando minúsculos instrumentos como pinças, tesouras, compassos, ganchos, entre outros. A cirurgia não é feita sobre o olho – este é perfeito. O problema está nos músculos que o movimentam, e a cirurgia busca conseguir um nivo equilíbrio dos músculos oculares.

 

Qual aidade ideal para a cirurgia?

A idade ideal de cirurgia para os que nascem estrábicos é entre os seis e dezoito meses, para tentar se conseguir alguma forma de fusão das imagens dos dois olhos, mas não existe limite de idade para cirurgia de estrabismo, e mesmo um paciente adulto (estrábico desde a infância) pode ser operado.

Cirurgia de estrabismo
Fonte: http://www.oftalmedmaringa.com.br/index2.php?id=basico_mostrar&&codigo_cat=178
http://visarehospitaldeolhos.com.br/cirurgia-de-olhos/cirurgia-estrabismo/