Últimos posts

Doenças da chuva podem provocar danos à visão

Pacientes com hepatite A, dengue e leptospirose precisam ficar atentos aos olhos

Em tempos de enchentes e epidemia de dengue, todo cuidado é pouco também com a saúde dos olhos. O Instituto Penido Burnier de Oftalmologia alerta que doenças causadas pela água acumulada - como a própria dengue e a hepatite A - podem acarretar problemas sérios na visão. Já a leptospirose não provoca danos às vistas, mas um exame ocular pode indicar a gravidade da infecção. Por isso, o ideal é que pacientes com algum destes males não deixem de consultar um oftalmologista.

 

notícias visual laser doenças da chuva

 

Segundo o especialista Leôncio Queiroz Neto, do instituto, quem contrai hepatite A pode ter neurite óptica. "É uma inflamação do nervo óptico que pode causar perda parcial da visão". De acordo com o oftalmologista, os pacientes sentem dor nos olhos e passam a enxergar menos. A maioria se recupera, aos poucos. "Mas como sequela fica a perda da visão de contraste", explica Queiroz.

 

No caso da dengue, o risco é de ocorrer uma hemorragia intraocular. A diminuição na quantidade de plaquetas na corrente sanguínea - típica da doença - atrapalha a capacidade de coagulação, facilitando a perda de sangue. "Outro perigo é a oclusão vascular causada pelo depósito de anticorpos nas paredes internas dos vasos e artérias, que também pode causar hemorragia", afirma o médico. Ele alerta que pessoas que contraem dengue devem fazer exame de fundo de olho, para diagnosticar uma possível hemorragia intraocular e iniciar tratamento para impedir o sangramento.

 

Em relação à leptospirose, explica, "os olhos revelam a gravidade da contaminação", diz Queiroz. Ele ensina que, se ficarem amarelados, há necessidade de internação hospitalar imediata. Para evitar o contágio, a dica é usar botas ou galochas quando houver necessidade de contato com a água da chuva.

 

Fonte: odia.ig.com.br - O Dia (RJ)